TU TENS TEM DIREITO DE COBRAR TRANSPARÊNCIA NA VACINAÇÃO

Transparência é uma palavra nova que aos poucos começa a entrar no vocabulário das pessoas comuns para expressar a exigência de dados, fatos e eventos que afetam o nosso dia a dia.  Por isto, a transparência se tornou a nossa arma mais importante para impedir que governantes tomem decisões que nos prejudicam.

Até o começo da era da internet, transparência era uma espécie de luxo que só estava disponível para algumas raras pessoas respeitadas por seu caráter individual ou por indivíduos com poder suficiente para divulgar apenas informações acessórias, ocultando as mais importantes.  

Mas depois da virada do século, com o início da avalancha informativa na internet, cobrar transparência de instituições como prefeituras, governos estaduais, ministérios e órgãos federais tornou-se muito mais fácil porque o uso de dados ficou mais simples e, principalmente, aumentaram os canais para divulgação de informações ao público.

A maioria esmagadora dos governantes, em todos os níveis, ainda teme a transparência e trata de obstrui-la ou eliminá-la. Mas para a população em geral, a divulgação de dados é o principal instrumento para defender seus interesses, como é o caso atual, da vacinação contra a Covid 19. As prefeituras têm obrigação de divulgar todos os dados sobre vacinação para que as pessoas possam saber quem, quando, como e onde serão imunizadas.

Publicidade do governo de Minas Gerais

A falta de transparência pode gerar tumultos como vimos em Pernambuco, pela TV, com idosos esperando em fila, no sol, calor por várias horas. É uma crueldade permitir que isto aconteça aqui. Os burocratas precisam pensar no sofrimento das pessoas, planejar a administração de vacinas com um mínimo de sacrifício para todos e divulgar o planejamento da forma mais ampla e rápida possível. Não precisa ser um especialista para fazer isto.   

Como dar transparência à vacinação

As prefeituras têm todas as condições para adotar a transparência na organização da vacinação. Primeira coisa é montar um plano, que pode ser copiado de outros municípios mais criativos e que já testaram na prática o seu funcionamento. Em segundo lugar vem a montagem de um sistema de comunicação, usando todas as plataformas disponíveis, digitais e não digitais, como jornais e rádios comunitárias. A maioria já tem este sistema que funciona basicamente como propaganda do prefeito e seus secretários.

É essencial criar um fluxo de notícias confiáveis que leve a população a buscar informações sobre vacinação sempre no mesmo canal ou plataforma. Transparência significa divulgar tudo, até o fato de que não há informação a ser passada às pessoas.

Foto Needpix / Creative Commons

Criar um fluxo permanente de informações sobre o avança da vacinação não custa nenhuma fortuna para a prefeitura e ajuda a criar confiança da população nos seus governantes, através da transparência.

O problema é que a maioria dos nossos prefeitos, em especial o daqui de Canela, governam para eles mesmos e para os funcionários e empresários privados que o apoiam. Não há preocupação com a população, salvo às vésperas de eleições. Por isto, a transparência é vista como algo chato, dispensável, que só atrapalha e toma tempo dos gestores municipais.

Mas a população precisa mostrar ao seu prefeito que a transparência além de ser uma arma na defesa dos interesses das pessoas comuns e um instrumento para que ela possa participar da administração municipal, é também um recurso para aumentar a eficiência da gestão pública.

Veja também

A VIDA DE QUEM COMBATE A COVID 19 TODOS OS DIAS

Os grandes heróis na luta contra a Covid-19 são as enfermeiras, enfermeiros e técnicos de …