CONSERVADORISMO POLÍTICO PREDOMINA NA REGIÃO DAS HORTÊNSIAS

Os quatro municípios da Região das Hortênsias fizeram uma clara opção por prefeitos conservadores nas eleições municipais do dia 15 de novembro.  Nova Petrópolis elegeu o tucano Jorge Darlei Wolf, o Partido Progressista ganhou em Gramado com Nestor Tissot, e em São Francisco de Paula com Marcus Aguzzoli , enquanto Constantino Orsolin, do MDB foi reeleito em Canela.

O resultado das apurações tanto para as prefeituras como para as câmaras de vereadores indica que pouca coisa vai mudar nos quatro municípios porque os partidos e candidatos vencedores mostram-se resistentes a soluções que possam alterar a sólida hegemonia de siglas tradicionais.

CANELA E GRAMADO– Os eleitores das duas cidades preferiram políticos conhecidos e moderados nas eleições municipais de domingo evidenciando o temor dos respectivos eleitores em arriscar mudanças inovadoras. O índice de reeleição nas duas câmaras de vereadores foi alto (Canela com 54,6% e Gramado com 55,5%), indicando uma forte tendência ao continuísmo legislativo.


A principal diferença é que em Canela, o MDB fez a maioria de cinco vereadores e não elegeu nenhum candidato do Partido Progressista (PP), enquanto em Gramado os Progressistas elegeram quatro vereadores, a maior bancada do município, e o MDB três. O Partido Democrático Trabalhista (PDT) fez vereadores em Canela e não elegeu ninguém para o legislativo gramadense, enquanto o PSDB terá dois representantes na Câmara de Canela e um em Gramado. O Republicanos terá uma vereadora em Canela e o professor Daniel, reeleito, continuará sendo o único membro do PT na Câmara de Gramado.

No pleito eleitoral de Canela, os números apurados evidenciaram que o medo da pandemia de COVID-19 e o desalento com a política fez com que 33% (10.897 eleitores) do eleitorado canelense votassem branco, nulo e não votassem. Os que não participaram das eleições representaram o percentual de 27%(9.188 eleitores) dos eleitores de Canela, já os que anularam e votaram em branco, somaram 7,18% (1.709 eleitores) do eleitores.

Muito provavelmente a pandemia afastou das urnas especialmente idosos (grupo de risco da covid-19) e os mais pobres, que historicamente têm taxas maiores de abstenção, naturalmente candidatos que tinham apoio maior desses segmentos perderam mais votos com a abstenção.

O resultado do pleito municipal indica que o conservadorismo será a principal tônica das administrações municipais durante o ano de 2021, um ano que muitos economistas preveem muito difícil do ponto de vista econômico. Isto vai colocar eleitores e recém eleitos, ou reeleitos, diante da necessidade de enfrentar a crise com soluções inovadoras ou escolher mais do mesmo, esperando por um milagre.

SÃO CHICO – Na prefeitura, a reeleição do prefeito Marcos Aguzzoli (PP) e o vice prefeito Thiago Teixeira (PDT) aconteceu com 7.266 votos pela Coligação São Chico Pode Mais, formada pelos partidos PSB, DEM, MDB,PDT, PSL, PSD, PP e Republicanos. Na Câmara de Vereadores serão nove vereadores homens que assumirão o legislativo: 1 do DEM, 3 do PP, 1 do PTB, 2 do PDT e 1 do PT. Nenhuma representante mulher e nenhum representante negro.

A Coligação mantém a hegemonia no legislativo. Em outras palavras: nada de diversidade na política serrana.

Na live em redes sociais, logo após a apuração dos votos (noite de 15/11), o prefeito Marcos Aguzzoli afirmou que “- Independente de quem votou em nós ou não, nós vamos governar para todos, pensando no que é melhor para São Chico. Não somos mais a cidade do coitadismo, do nada pode. Nós sempre dissemos que São Chico podia mais. E agora nós temos a responsabilidade de fazer um governo ainda melhor, pois sabemos que ainda há muito a ser feito. Nosso compromisso de dar dignidade para todas as famílias só aumentou”.

NOVA PETROPOLIS – O Partido Progressista, atualmente no controle da prefeitura local, cederá o poder local para o Partido Social Democrata (PSDB) , a sigla do candidato vencedor Jorge Darlei Wolf, eleito com 46,6% dos votos, numa coligação do o MDB.  

Na câmara de vereadores, contrariando a tendência dos demais municípios da Região das Hortênsias, houve uma marcada diversificação de siglas. MDB e PSDB elegeram dois vereadores cada, ao passo que PSB, PP, Republicanos, PDT e Patriotas estarão representados por um vereador cada.

Deixe uma resposta