As ETEs em Canela

A prefeitura de Canela e a Corsan fecharam o acordo para transferência de quatro estações de tratamento de esgotos (ETEs) para tentar amenizar os problemas de saneamento que afetam a população da cidade. O acordo marca um recuo da Corsan que defendia a instalação de uma única grande estação de tratamento para recolher e processar todo o esgoto de Canela.  Veja o que diz o promotor publico Paulo Eduardo de Almeida Vieira sobre a vinda das ETEs.

São quatro instalações que a Corsan desativou em Alvorada, na região metropolitana de Porto Alegre, e cuja transferência para Canela foi proposta pelo Secretario de Meio Ambiente, Jackson Muller.  Elas devem ser instaladas, em prazo ainda não definido, nos seguintes locais: Vila Dante, Chacrão, São Luiz e na área do Parque do Lago.

O promotor elogiou o acordo mas advertiu que a solução dos problemas de saneamento em Canela dependem de uma maior coordenação entre as secretarias municipais. Eis o  que o magistrado diz:

 

Veja também

A batalha judicial em torno do problema do esgoto

[tatsu_section bg_color= “” bg_image= “” bg_repeat= “no-repeat” bg_attachment= ‘{“d”:”scroll”}’ bg_position= ‘{“d”:”top left”}’ bg_size= ‘{“d”:”cover”}’ bg_animation= …

Deixe uma resposta